This content is not available in your region

O fogo que purifica a noite das Luminárias em San Bartolomé de Pinares

Localidade de San Bartolomé de Pinares recebe tradicional ritual de purificação de animais
Localidade de San Bartolomé de Pinares recebe tradicional ritual de purificação de animais   -   Direitos de autor  Manu Fernandez/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  Nara Madeira  com AFP, AP

É noite das Luminárias em San Bartolomé de Pinares, uma aldeia espanhola, a uma centena de quilómetros de Madrid. Um rito de purificação para os animais que trabalhavam no campo, e que se pensa remota ao século XVIII, seguido de perto pelos seus habitantes.

Mónica Abad, empregada de uma farmácia local, referia que têm _"_muitas festas bonitas, mas esta é uma das melhores porque não existe em mais lado nenhum".

Pretendia-se, na época, libertar os animais de qualquer mal, doença. Hoje trata-se confraternizar, com muito entusiasmo, como dizia um pintor, Carlos Cuenca. 

Todos dão o seu contributo e a festa enche-se de significado para os pouco mais de 600 habitantes deste município. A jovem Alicia Martin dizia que os cavalos fazem parte da sua "vida e estar com as pessoas que amo, o fumo, a música. A música é de arrepiar", concluia.

Os cavalos, a maioria deles, já não trabalham nos campos mas a tradição, essa, continua a ser o que era. Uma professora, Conchi Abad, explicava que "a__origem é abençoar os animais através do fogo, foi isso que restou e que" quiseram "preservar".

Este é o dia mais festivo do ano nesta pequena localidade tão perto e tão longe da azáfama da grande Madrid. Ana Gómez, a presidente da câmara de San Bartolomé de Pinares, adiantava que "é algo que cresce" com eles, "que todos os Bartolos querem e vivem com intensidade".

O fogo, mas não só, aqueceu também quem apesar do frio quis saborear este momento. Espera-se que para o ano haja mais.