EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

A obsessão de Salvador Dali por Freud no Museu Belvedere de Viena

A obsessão de Salvador Dali por Freud no Museu Belvedere de Viena
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Museu mostra de obras inspiradas no pai da psicanálise.

PUBLICIDADE

Salvador Dali passou os seus anos de formação a estudar Sigmund Freud. Era quase uma obsessão. Encontrou uma fonte de inspiração para o Surrealismo, no pai da Psicanálise. Uma exposição no Museu Belvedere de Viena mostra o que nem sempre é visto: centenas de objetos, pinturas e obras que refletem a grande influência que Freud (1856-1939) exerceu sobre o artista.

Aqui cobrimos uma boa década da vida e da arte de Salvador Dali, o que nos permite mostrar ao público aspetos da obra de Salvador Dali que ainda não são conhecidos e nem sempre mostrados.
Stella Rollig
Diretora Museu Belvedere de Viena

Para o jovem artista, ler "A Interpretação dos Sonhos" foi uma das descobertas mais importantes de sua vida.

Através das obras de Freud, Dali encontrou a chave para seus medos, desejos e obsessões ocultas, que o acompanhavam desde a infância.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Exposição mostra o génio sempiterno de Michelangelo

Quadro de Gustav Klimt vendido por 30 milhões de euros num leilão em Viena

Fantasmas do Passado: A artista Mónica de Miranda mergulha na história colonial de Portugal