This content is not available in your region

O melhor do mundo da animação em Annecy

euronews_icons_loading
O melhor do mundo da animação em Annecy
Direitos de autor  euronews
De  Frédéric Ponsard

Cada ano, em Junho, Annecy torna-se na capital mundial da animação.

Dos grandes estúdios norte-americanos aos criadores e estudantes independentes de toda a Europa e do resto do mundo, todos marcam presença.

A animação é uma arte e uma indústria em expansão.

Todos os formatos, suportes e técnicas e, sobretudo, todas as fantasias são permitidas, possíveis e visíveis no Festival Internacional de Cinema de Animação da cidade francesa.

Este ano, as estrelas da animação inauguraram um "Passeio da Fama". 

Michel Ocelot recebeu um Cristal Honorário, o primeiro galardão do género, pela sua incomparável arte de animação.

O "pai" de Kirikou é um dos grandes mestres da animação europeia, e muitos fãs estiveram presentes para lhe prestar homenagem.

Sinto que me tornei num contador de histórias. No início pensei que era essencialmente um desenhador mas, com o passar do tempo, apercebi-me de que gostava de contar histórias...

É um pequeno mecanismo que começa a mover-se, que vai para onde quero que vá e que pára quando tem de parar, nem demasiado cedo, nem demasiado tarde...
Michel Ocelot
realizador

O seu último filme, "Le Pharaon, le Sauvage et la Princesse", será lançado na Europa no Outono.

"O Pequeno Nicolas" recebe prémio de Cristal

O festival terminou com a cerimónia de entrega de prémios, incluindo o cobiçado Cristal para a melhor longa-metragem de animação, atribuído ao filme franco-luxemburguês "O Pequeno Nicolas - O que estamos à espera para ser felizes?", realizado por Amandine Fredon e Benjamin Massoubre.

O filme retraça a história de "O Pequeno Nicolas", inicialmente um livro ilustrado, e dos seus criadores, o cartoonista Sempé e o argumentista Gosciny, mundialmente conhecido como autor de Astérix.

Estamos extremamente felizes por toda a equipa, porque é realmente o trabalho de várias pessoas, de 200 ou 250 pessoas!
Benjamin Massoubre
realizador
Os livros de 'O Pequeno Nicolas' não eram livros para crianças, eram livros para adultos que tinham filhos. E esta mistura de visões de adultos e crianças é muito equilibrada.
Amandine Fredon
realizadora

Prémio do Júri para coprodução portuguesa

O Prémio do Júri foi para outro filme notável, com coprodução portuguesa: "Interdito a Cães e Italianos", de Alain Ughetto, que conta a história dos seus avós italianos que imigraram para França.

A portuguesa Ocidental Filmes é uma das coprodutoras desta longa-metragem de animação, que também recebeu o prémio da Fundação Gan, uma instituição francesa privada de apoio ao cinema e a novos criadores.

As filmagens foram europeias. A Suíça acompanhou-nos, tal como a Bélgica, a Itália e Portugal... Trabalhei com jovens vindos de toda a Europa!
Alain Ughetto
realizador

Uma história sobre a Europa e os seus migrantes, com o omnipresente receio face ao estrangeiro como pano de fundo.

Um dos grandes filmes de animação desta edição de 2022, que foi um grande sucesso económico e artístico, bem como em termos de público.

Nome do jornalista • Frédéric Ponsard