EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Conheça 5 factos intrigantes sobre David de Miguel Ângelo

O David de Miguel Ângelo
O David de Miguel Ângelo Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  Jonny Walfisz
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A estátua foi apresentada no dia 8 de setembro de 1504

PUBLICIDADE

Há poucas obras de arte que se possam considerar perfeitas. Muitas vezes, a verdadeira beleza de uma peça vem das suas imperfeições. Esta não é uma delas.

Quase um século antes do mestre renascentista Miguel Ângelo ter criado David, outros artistas criaram uma série dos Doze Apóstolos para a Catedral de Florença. A primeira foi uma estátua de terracota de Josué, esculpida por Donatello em 1410. Seguiu-se uma estátua de Hércules, em 1463, da autoria de Agostino di Duccio.

Foi então pedido a Agostino que criasse uma estátua de David. Mas o artista interrompeu o trabalho quando o seu mestre Donatello morreu, em 1466. Foi necessário esperar até 1501 para que o contrato oficial fosse entregue a Miguel Ângelo, de 26 anos.

De 1501 a 1504, Miguel Ângelo trabalhou no mármore para criar a obra-prima. Embora inicialmente destinada à Catedral de Florença, a estátua foi mudando de local porque diferentes personalidades (incluindo Leonardo da Vinci e Sandro Botticelli) discordavam da sua colocação. Finalmente, foi acordado que David ficaria à entrada do Palazzo della Signoria, a Câmara Municipal da cidade. A obra foi revelada ao público em 1504.

Eis alguns factos interessantes sobre David de Miguel Ângelo:

O mármore foi reciclado

Durante o tempo que demorou a escolher Miguel Ângelo como o escultor certo, dois escultores tentaram criar a estátua. Tanto Agostino como Antonio Rossellino não conseguiram fazer arrancar o projeto com o grande e pesado bloco de mármore que lhes foi dado.

Em vez de dar a Miguel Ângelo um novo bloco de mármore, foi-lhe entregue a mesma peça que tinha sido encomendada a Agostino em 1464. Uma vitória para a reciclagem!

David é imperfeito

Comecei o artigo a dizer que se trata de uma obra de arte perfeita mas, na verdade, existem algumas irregularidades. Os investigadores da Universidade de Stanford salientaram que os olhos de David não estão exatamente a apontar na direção certa. O olho direito aponta diretamente para a frente, enquanto o esquerdo olha para longe.

Por falar em direção errada, a mão direita de David é anormalmente grande.

Alessandra Tarantino/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Tourists admire Michelangelo's "David statue" in the Accademia Gallery in Florence, Italy, Tuesday, March 28, 2023.Alessandra Tarantino/Copyright 2023 The AP. All rights reserved

Cabeça grande

Outra parte que está fora de proporção é a cabeça. Mas não se trata de uma imperfeição. A cabeça e os braços de David são significativamente maiores do que se ele fosse um modelo à escala de um homem, porque Miguel Ângelo sabia que a maioria das pessoas veria a estátua de baixo para cima.

Quando se olha para cima, David tem proporções imponentes. Também não é surpreendente, dado que a estátua tem 5 m 17 cm de altura ( quase o mesmo que uma girafa adulta). 

Existem 30 cópias em tamanho real

O original ainda se encontra em Florença e existem 30 cópias em tamanho real da lendária estátua em todo o mundo. Embora muitas delas estejam em galerias internacionais, talvez o local mais intrigante para uma das cópias seja o Palazzo della Signoria, onde a estátua foi idealizada.

A verdadeira está apenas um pouco mais abaixo, na Galleria dell'Accademia.

Uma estátua polémica

PUBLICIDADE

Ao longo dos anos, muitas pessoas têm-se mostrado incomodadas com o corpo nu de David. A Rainha Vitória mandou colocar uma folha de figueira de gesso na versão que lhe foi oferecida em 1857.

Este ano, os pais de uma escola na Flórida exigiram que as imagens de David completamente nu fossem retiradas dos livros educativos. O diretor da Tallahassee Classical School acabou por se demitir.

Também este ano, um restaurante italiano foi obrigado a tapar os genitais da estátua que fazia parte de umanúncio, distribuído na rede de transportes de Glasgow.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cultura em retrospetiva: Como o supermercado definiu a cultura do século XX

Françoise Hardy, atriz e ícone da pop francesa, morre aos 80 anos

Retrato do rei Carlos III alvo de ativistas dos direitos dos animais