Muro com 11 mil anos encontrado no Báltico pode ser a mais antiga construção do Homem na Europa

Mar Báltico
Mar Báltico Direitos de autor Michael Probst/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foi descoberto a 21 metros de profundidade e é composto por cerca de 1400 pedras que se estendem por quase um quilómetro. São restos de um muro que, segundo os investigadores, foi erguido na Idade da Pedra para caçar renas. Pode ser a mais antiga estrutura de construção humana da Europa.

PUBLICIDADE

Fragmentos de um muro com quase 11 mil anos foram encontrados no Mar Báltico ao largo da costa alemã. Acredita-se que tenha sido construído na última era glaciar, antes da subida significativa do nível do mar. 

O muro terá sido erguido há mais de 10 mil anos e, com o derretimento das camadas de gelo, submergiu há cerca de 8.500 anos.

"É um dos mais antigos exemplos de arquitetura de caça do mundo e potencialmente a megaestrutura de construção humana mais antiga da Europa", adianta Jacob Geersen, do Instituto Leibniz em Warnemünde, cidade portuária alemã na costa do Mar Báltico.   

A estrutura, com quase um metro de altura e perto de um quilómetro de comprimento, foi descoberta a 21 metros de profundidade, e consiste em cerca de 1400 pequenas pedras que parecem ter sido posicionadas para ligar 300 rochas.

De acordo com um estudo recente de cientistas da Universidade de Kiel, na Alemanha, o muro submerso, inicialmente descoberto em 2021 na Baía de Mecklenburg, pode ter sido construído por humanos para a caça de renas em terra, perto de um lago ou de um pântano.  

"Os animais seguem este tipo de estruturas, eles não tentam saltar sobre elas", afirma  Geersen. 

O investigador vai voltar ao local para tentar encontrar ossos de animais e objetos usados pelos humanos durante a caça, os quais podem estar enterrados em sedimentos à volta do muro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ridley Scott pode realizar filme biográfico dos Bee Gees

"Oppenheimer" foi o grande vencedor dos prémios de cinema britânicos

J.Lo está de volta com um álbum e um filme... mas será que valem a pena?