EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

As várias formas de melhorar a qualidade do ar

As várias formas de melhorar a qualidade do ar
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Cyril Fourneriseuronews
Publicado a
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A euronews falou com um perito em qualidade do ar da Agência Europeia do Ambiente.

Há várias formas de reduzir as principais fontes de poluição atmosférica. A euronews falou com um perito em qualidade do ar da Agência Europeia do Ambiente.

"Conhecemos as formas de reduzir a poluição do ar e já estamos a pô-las em prática. Podemos aplicar as chamadas medidas tecnológicas, por exemplo, melhorias no desempenho dos veículos. Também temos as chamadas medidas estruturais. Por exemplo, podemos criar uma boa infraestrutura de faixas de rodagem. Ou podemos atuar sobre o desenho urbano. E depois há as medidas comportamentais. Por exemplo, não usar tanto o carro, andar de bicicleta ou andar a pé", explicou Alberto González Ortiz.

É preciso mudar mobilidade, produção de energia e de alimentos

"Na agência, abordamos as formas de mudar os nossos sistemas: o sistema de mobilidade, o sistema alimentar, o sistema energético. No caso de um engarrafamento, se substituirmos todos os carros por veículos eléctricos, reduziremos as emissões. Mas vamos continuar a ter um engarrafamento. As emissões não serão provenientes dos tubos de escape, mas dos travões, do asfalto, do ruído. Se mudarmos os nossos sistemas de mobilidade, teremos transportes melhores e mais limpos, as pessoas andam de bicicleta, ou andam a pé. Diminuímos as emissões e as pessoas farão mais atividade física, Haverá mais espaço para que as pessoas interajam, o que também é bom para a saúde mental", acrescentou o responsável.

As interações entre alterações climáticas e poluição do ar

"Em primeiro lugar, as alterações climáticas e a poluição atmosférica partilham as mesmas fontes. Por isso, devem partilhar as mesmas soluções. Por exemplo, podemos usar as energias renováveis, isolar melhor os nossos edifícios. São soluções que ajudam a combater as alterações climáticas. Temos, por exemplo, os telhados verdes. Se aplicarmos estas medidas a longo prazo, o impacto será vísivel dia após dia. A situação melhorará sem dúvida", concluiu Alberto González Ortiz.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Florestas maiores e mais saudáveis: como podemos proteger os nossos sumidouros de carbono?

Valência, onde "a chuva não sabe chover", mas a água é reutilizada