EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Cientistas descobrem que hipopótamos podem "voar"

Hipopótamos podem ser enormes, mas são capazes de sair do chão - pelo menos temporariamente
Hipopótamos podem ser enormes, mas são capazes de sair do chão - pelo menos temporariamente Direitos de autor Royal Veterinary College
Direitos de autor Royal Veterinary College
De  Saskia O'DonoghueEuronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Apesar do seu grande peso e tamanho, os cientistas descobriram que os hipopótamos conseguem realmente sair do chão - pelo menos durante um período de tempo limitado.

PUBLICIDADE

Haverá algo mais aterrador do que uma criatura de 3.600 quilos a voar na sua direção pelo ar? Talvez não - e é uma realidade. Bem, mais ou menos.

Os cientistas descobriram que os hipopótamos podem ficar no ar durante períodos de tempo substanciais - durante muito mais tempo do que outros animais de tamanho semelhante.

A nova investigação do Royal Veterinary College (RVC) descobriu que os mamíferos podem permanecer no ar até 0,3 segundos de cada vez quando se deslocam a grande velocidade.

São o segundo animal mais pesado do mundo - a seguir aos elefantes - mas, ao contrário destes, os hipopótamos trotam exclusivamente quando se deslocam, o que significa que são mais capazes de ganhar impulso.

Nesta imagem de um vídeo realizado por investigadores do RVC, um hipopótamo pesado "voa" por breves instantes
Nesta imagem de um vídeo realizado por investigadores do RVC, um hipopótamo pesado "voa" por breves instantesRoyal Veterinary College

Mas porque é que os cientistas realizaram este estudo? O objetivo dos investigadores era melhorar a compreensão científica da forma como o tamanho dos animais de grande porte influencia os seus movimentos em terra.

Também foi dada uma atenção mais ampla à importância de apoiar a reconstrução da biomecânica evolutiva das linhagens de hipopótamos e ajudar os veterinários a diagnosticar ou monitorizar hipopótamos que possam ter problemas de locomoção ou que apresentem claudicação (ato ou efeito de coxear ao andar).

A investigação surge numa altura crucial para os hipopótamos em todo o mundo.

Atualmente, das duas espécies que restam, o hipopótamo pigmeu - que habita as florestas e as zonas húmidas da África Ocidental - e o hipopótamo comum - que se encontra principalmente nas pastagens subsarianas - estão em perigo, um em vias de extinção e o outro está classificado como vulnerável, respetivamente.

Como é que os cientistas descobriram que os hipopótamos podem ser transportados pelo ar?

Como parte da investigação da RVC, os especialistas monitorizaram imagens de vídeo de dois hipopótamos que se deslocavam no seu padoque, no Flamingo Land Resort, em Yorkshire, no norte de Inglaterra.

"Estamos entusiasmados por fornecer o primeiro estudo puramente focado em revelar como os hipopótamos andam e correm", disse o Professor John Hutchinson, principal autor do estudo."Ficámos agradavelmente surpreendidos ao ver como os hipopótamos se elevam no ar quando se movem rapidamente - é realmente impressionante."

Curiosamente, pouco se sabia até agora sobre a forma como os hipopótamos se deslocam, em parte devido ao facto de terem tendência para se agarrarem à água - e devido ao perigo significativo que representam para os seres humanos.

A nova investigação abriu uma janela para partes da vida dos hipopótamos e os especialistas esperam que seja um passo na direção certa.

"Estou muito satisfeito por termos ajudado a facilitar, e a auxiliar na recolha destes dados valiosos nesta publicação excecional", disse Kieran Holliday, responsável pela ciência e conservação no Flamingo Land Resort.

"O facto de este artigo ter revelado possíveis novas descobertas sobre a locomoção dos hipopótamos pode ter impactos positivos para a comunidade zoológica em geral no que diz respeito à criação e conceção de recintos."

Os hipopótamos chegam a pesar 3.600 kg, o que os torna o animal terrestre mais pesado depois do elefante.

Atualmente, existem entre 115.000 e 300.000 hipopótamos em estado selvagem em todo o mundo, e vivem principalmente em rios e lagos da África subsariana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Aventuras na vida selvagem: um olhar mais atento às adoradas gazelas-persa do Azerbaijão

Espanha inaugura primeiro cemitério público para animais de estimação

As espécies mais ameaçadas da Europa a proteger no Dia Mundial da Vida Selvagem