Segurança reforçada no Parlamento Europeu

Segurança reforçada no Parlamento Europeu
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Em Bruxelas como em Estrasburgo, onde decorre até 26 de novembro a sessão plenária, as medidas de segurança no Parlamento Europeu foram reforçadas

PUBLICIDADE

Em Bruxelas como em Estrasburgo, onde decorre até 26 de novembro a sessão plenária, as medidas de segurança no Parlamento Europeu foram reforçadas, no rescaldo dos atentados em Paris.

Em Estrasburgo instalaram-se tendas brancas para intensificar o controlo de documentos.

“Conseguimos reduzir o número de entradas e de saídas que são utilizadas pelos funcionários e pelos próprios eurodeputados. Diria que, logicamente, somos um pouco mais estritos em Bruxelas do que em Estrasburgo porque a situação não é a mesma”, explica Jaume Duch Guillot, porta-voz do Parlamento Europeu.

A segurança também foi redobrada para o mercado de Natal de Estrasburgo que deverá abrir portas esta sexta-feira e que acolhe, regra geral, 2 milhões de visitantes de toda a Europa. O autarca de Estrasburgo, Roland Ries, pensa pedir ao ministro francês do Interior, Bernard Cazeneuve, mais polícias e militares para o terreno: “Planeámos controlos, de bolsas e de pessoas, para evitar a entrada de pessoas armadas.”

Algumas atividades destinadas às crianças foram canceladas por razões de segurança, mas os comerciantes locais não escondem o contentamento pela realização do mercado, apesar de tudo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Países da UE pressionados a reforçarem defesa aérea da Ucrânia com doações

Eurodeputados do "Russiagate" poderão perder imunidade, diz presidente Metsola

UE aprova novas sanções contra o Irão para reduzir a produção de drones e mísseis