EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

CE apresenta relatório sobre progressos da Turquia para liberalização de vistos em maio

CE apresenta relatório sobre progressos da Turquia para liberalização de vistos em maio
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A Comissão Europeia apresenta na próxima semana um relatório sobre os progressos realizados pela Turquia para a liberalização de vistos. Na contagem

PUBLICIDADE

A Comissão Europeia apresenta na próxima semana um relatório sobre os progressos realizados pela Turquia para a liberalização de vistos. Na contagem decrescente, os eurodeputados apelaram ao executivo comunitário para zelar pelo cumprimento de todos os critérios.

“A liberalização de vistos pode acontecer quando as condições forem respeitadas. Ponto final. Quando as condições deixarem de ser respeitadas haverá um cancelamento”, disse o eurodeputado popular alemão Elmar Brok.

A eurodeputada liberal holandesa Sophia in ‘t Veld acrescentou: “Em princípio o meu grupo é a favor da liberalização de vistos, mas não esperem que deixemos as coisas avançar sem cuidado. Se o Governo turco pretende convencer o Parlamento a votar pela liberalização de vistos, reprimir jornalistas não uma estratégia muito boa.”

O vice-presidente da Comissão Europeia, Frans Timmermans, tentou serenar as dúvidas dos eurodeputados mais céticos e referiu que a bola está no campo da Turquia: “O ónus está na Turquia. Eles têm de cumprir com os 72 critérios em causa. Dizem que podem fazê-lo. Vamos ver e tiraremos as nossas conclusões. Certo é que não brincaremos com esses critérios.”

O relatório deverá ser apresentado a 4 de maio pela Comissão Europeia e será acompanhado de uma proposta legislativa para transferir a Turquia para a lista de isenção de vistos se o país adotar medidas para cumprir os parâmetros requeridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como é que Itália vê a abertura de Ursula von der Leyen para cooperar com Meloni?

António Costa já foi ouvido pelo Ministério Público na Operação Influencer

Borrell: UE enfrenta uma escolha "difícil" entre o apoio ao Estado de direito e o apoio a Israel