Breves de Bruxelas: saída de Schulz e cimeira UE-Ucrânia

Breves de Bruxelas: saída de Schulz e cimeira UE-Ucrânia
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, não vai recandidatar-se ao cargo no próximo ano.

PUBLICIDADE

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, não vai recandidatar-se ao cargo no próximo ano. O eurodeputado socialista regressará à cena política alemã.

A corrida para suceder Martin Schulz está agora aberta, com o centro-direita a querer escolher o próximo presidente, como explicou à euronews o analista político Charles de Marcilly.

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária está em destaque, também, a cimeira entre a União Europeia e Turquia, quinta-feira, em Bruxelas. A União congratulou-se com as reformas realizadas pelo governo ucraniano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Von der Leyen não quer trabalhar com "amigos de Putin" no Parlamento Europeu

Famílias pedem ajuda da UE para libertar reféns face iminente operação em Rafah

UE chegou a acordo sobre 13.º pacote de sanções contra a Rússia