Diplomatas europeus céticos com plano para os Balcãs

Diplomatas europeus céticos com plano para os Balcãs
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Finlândia e Alemanha alertam para o risco de tensões étnicas se a Sérvia e o Kosovo avançarem com a troca de terras

PUBLICIDADE

A Alemanha e a Finlândia lançaram um alerta contra a ideia de redesenhar a fronteira entre a Sérvia e o Kosovo. Ministros europeus dos Negócios Estrangeiros reunidos na Áustria discutiram as alterações às fronteiras que alguns políticos afirmam podem potenciar tensões étnicas.

"A disucssão sobre a troca de terras entre o Kosovo e a Sérvia não é propícia a alcançar o objetivo. Pensamos que pode reabrir feridas antigas entre a população e é por isso que estamos muito céticos", disse Heiko Mass, chefe da diplomacia alemã.

A normalização das relações entre a Sérvia e o Kosovo é essencial para a entrada de ambos para a União Europeia. Em 2013, os líderes sérvio e do Kosovo decidiram resolver todas as questões pendentes mas até agora foram realizados poucos progressos.

O presidente do Kosovo afirmou que a meio de setembro apresentaria um plano ao líder sérvio.

Na próxima semana os dois líderes voltam a reunir-se em Bruxelas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sérvia opõem-se a criação de exército no Kosovo

"Breves de Bruxelas": agenda diversificada da cimeira UE-Balcãs Ocidentais

UE e Reino Unido chegam a acordo sobre "grandes linhas políticas" relativamente a Gibraltar