EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

PPE aguarda resposta de Orbán

PPE aguarda resposta de Orbán
Direitos de autor 
De  Euronews com Ricardo Borges de Carvalho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líder do Partido Popular Europeu, Manfred Weber, espera que primeiro-ministro húngaro e o partido Fidesz terminem a campanha contra a UE e peçam desculpa pelas suas ações

PUBLICIDADE

O principal candidato do centro-direita às eleições europeias foi a Budapeste pedir a Viktor Orbán que termine a campanha contra Bruxelas e peça desculpa pelas suas ações.

De volta ao Parlamento Europeu, Manfred Weber não quis responder se confia ou não na resposta do primeiro-ministro húngaro.

"Precisamos de uma prova que o partido Fidez e Viktor Orban ainda querem ser parte do Partido Popular Europeu. Somos uma família de valores, de ideias comuns, não de poder ou do tamanho do grupo. Antes de mais nada, é sobre valores e é isso que Orbán tem de confirmar e espero que o faça."

Enquanto Orbán pondera, continua por resolver a questão da suspensão ou expulsão do partido dominante da Hungria do bloco de centro-direita da Europa. A eurodeputada finlandesa do PPE, Sirpa Pietikäinen, dá a sua visão sobre como tem decorrido o processo.

"É um pouco como se lhe batesse e pedisse desculpa, e depois volto a bater-lhe e peço desculpa, e em seguida volto a bater-lhe e peço desculpa. Essa tem sido um pouco a tendência entre Orbán e o PPE e Orbán e as relações com a União Europeia."

O deputado alemão Elmar Brok garante que o PPE será inflexível e terá de ser sempre Orbán a repensar as suas políticas.

"Muitos dos partidos que pediram para o expulsar são pessoas que são democratas maravilhosos, democratas liberais, que defendem o Estado de direito, o equilíbrio social e a economia de mercado. Esta é a nossa política, vamos continuar com ela e Viktor Orbán não a pode alterar."

A suspensão ou expulsão do Fidesz e de Viktor Orbán do PPE vai ser debatida na próxima semana durante uma reunião da família política de centro-direita, em Bruxelas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Orbán admite que o seu partido pode sair do PPE

Fidesz retira polémicos cartazes contra Juncker

Suspeita-se que o Hamas esteja a planear atentados na Alemanha