EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Confrontos e dezenas de detidos em Paris

Confrontos e dezenas de detidos em Paris
Direitos de autor REUTERS/Gonzalo Fuentes
Direitos de autor REUTERS/Gonzalo Fuentes
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerca de 6.000 agentes foram mobilizados, na capital, para prevenir atos de violência durante o primeiro dia de greve contra o novo sistema de pensões

PUBLICIDADE

Mais de 80 pessoas foram detidas em Paris, no primeiro dia de greve contra o novo sistema de pensões proposto pelo presidente Emmanuel Macron.

A polícia usou gás lacrimogéneo contra os manifestantes que incendiaram carros estacionados na rua e partiram vidros de lojas e casas.

Segundo as autoridades, os confrontos começaram a meio da tarde, na zona leste da cidade, por 500 elementos de um grupo de radicais O Governo tinha revelado a intenção de vários grupos extremistas participarem nas manifestações e pediu aos comerciantes para fecharem os estabelecimentos e evitarem os efeitos do vandalismo. Cerca de 6.000 agentes foram mobilizados para prevenir atos de violência na capital.

A Agência France Presss avança que, por todo o país, mais de 450 mil pessoas responderam ao apelo das organizações sindicais.

Para além de Paris, foram registados confrontos nas principais cidades francesas como Nantes, Marselha e Lyon.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia precisa de reforçar defesa aérea, alerta ministra dos Negócios Estrangeiros da Alemanha

Renew Europe vai votar a expulsão do partido holandês VVD a 10 de junho

Parlamento eslovaco aprova resolução que condena violência política e pede fim de cultura de "ódio"