This content is not available in your region

Como é que a UE está a dar ajuda médica aos refugiados ucranianos?

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
União Europeia está a reforçar ajuda médica destinada aos refugiados ucranianos
União Europeia está a reforçar ajuda médica destinada aos refugiados ucranianos   -   Direitos de autor  Pawel Kuczynski/The Associated Press

Milhões de ucranianos estão a fugir da guerra no país, rumando à União Europeia. À medida que as chegadas continuam a aumentar, os sistemas de saúde do bloco estão sob pressão crescente: muitos desses refugiados precisam de tratamento médico, incluindo mulheres grávidas, crianças doentes e doentes oncológicos.

Em resposta aos pedidos de vários países, Bruxelas libertou 3,4 mil milhões de euros em fundos de coesão "flexíveis", que podem ser usados para cobrir despesas relacionadas com a saúde, bem como custos associados à habitação, emprego, educação e inclusão social.

Os chamados "centros de triagem" foram criados para acelerar a transferência de doentes entre os Estados-membros e foram asseguradas mais de dez mil camas para os ucranianos que precisam de ajuda de emergência e de cuidados primários.

A União Europeia também se está a concentrar na vacinação contra doenças que se podem prevenir, tentando diminuir a distância entre os seus próprios cidadãos e os milhões de refugiados de guerra.

Assista ao vídeo explicativo acima para saber mais sobre a ajuda em matéria de saúde para os refugiados ucranianos.