Um carregador para vários dispositivos. Parlamento Europeu diz "sim"

Bruxelas diz que o carregador universal permitirá poupar cerca de 250 milhões de euros aos consumidores
Bruxelas diz que o carregador universal permitirá poupar cerca de 250 milhões de euros aos consumidores Direitos de autor Thierry Monasse/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Thierry Monasse/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Eurodeputados aprovaram proposta de Bruxelas para um carregador único para telemóveis, tablets e câmaras

PUBLICIDADE

Um só carregador para vários dispositivos. Em breve deverá tornar-se realidade.

Com 602 votos a favor, 13 contra e oito abstenções, o Parlamento Europeu aprovou hoje as novas regras que vão introduzir na União Europeia (UE) um carregador universal para smartphones, tablets ou câmaras.

A partir do outono de 2024, os europeus deverão passar a precisar apenas de um carregador do modelo USB-C. Já em 2026, o carregador único passa a ser também regra para os computadores.

A gigante tecnológica Apple será uma das mais afetadas com a "luz verde" de Estrasburgo.

Na prática, terá de abandonar o exclusivo sistema Lightning, usado para carregar iPhones ou outros dispositivos, a favor de uma ligação USB-C, tal como já acontece com os dispositivos baseados no sistema Android, como os da Samsung e da Huawei.

"Basicamente, no que diz respeito aos smartphones, o elefante na sala é a Apple. Para a Apple poder vender os seus produtos no mercado único europeu, terá de obedecer ao padrão do modelo de carregador USB-C a partir de 2024", sublinhou o eurodeputado socialista maltês Alex Agius Saliba.

O acordo ainda precisa do aval do Conselho da União Europeia, antes ser publicado no Jornal Oficial da UE. 

Entrará mais tarde em vigor e as disposições deverão começar a ser aplicadas no outono de 2024.

Bruxelas diz que o carregador universal permitirá poupar cerca de 250 milhões de euros aos consumidores.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bruxelas quer um só carregador para vários dispositivos

Líderes da UE sob pressão de Zelenskyy para reforçar as defesas aéreas da Ucrânia

Debate sobre o futuro do Pacto Ecológico reacende profundas divisões