EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Zelenskyy em Bruxelas durante cimeira da UE

A confirma-se a visita, esta vai ocorrer uma semana depois da cimeira Ue-Ucrânia, em Kiev
A confirma-se a visita, esta vai ocorrer uma semana depois da cimeira Ue-Ucrânia, em Kiev Direitos de autor Ukrainian Presidential Press Office via AP
Direitos de autor Ukrainian Presidential Press Office via AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Zelensky poderá vir a Bruxelas durante cimeira da UEA cimeira extraordinária da UE vai debater a situação na Ucrânia, o Pacto de Migração e o Plano Industrial para o Pacto Ecológico.

PUBLICIDADE

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, deverá visitar Bruxelas, na quinta-feira, durante a cimeira da União Europeia (UE), embora razões de segurança possam ainda impedir a visita, disse um alto funcionário da UE à euronews.

O funcionário acrescentou que poderá haver, também, um discurso na sessão plenária extraordinária do Parlamento Europeu.

A cimeira extraordinária da UE vai debater a situação na Ucrânia, o Pacto de Migração e o Plano Industrial para o Pacto Ecológico.

A potencial visita, que foi inicialmente relatada pelos jornais La Stampa e pelo Financial Times, seria a segunda viagem oficial de Zekensky fora da Ucrânia desde que a ofensiva russa começou em 24 de fevereiro. O presidente visitou Washington em finais de dezembro, para proferir um discurso no Congresso e ter uma reunião com o presidente dos EUA, Joe Biden.

A confirma-se a visita, esta vai ocorrer uma semana depois da cimeira Ue-Ucrânia, em Kiev. Depois de ter sido convidado a visitar Bruxelas,  Zelensky respondeu: "Eu quero realmente viajar mas há um risco muito significativo devido à tentativa da Rússia de se vingar".

A UE forneceu até agora cerca de 60 mil milhões de euros de ajuda à Ucrânia, incluindo 12 mil milhões de euros em apoio militar, 38 mil milhões de euros em assistência humanitária e macrofinanceira e 10 mil milhões de euros para apoiar os refugiados ucranianos que procuraram refúgio nos Estados-membros da UE.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Estado da União": Cooperação ocidental testada com a guerra na Ucrânia

Itália: confrontos na Câmara dos Deputados durante votação polémica

Líder da coligação mais votada nas legislativas na Bulgária anuncia que não será primeiro-ministro