EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Eleições na Polónia cruciais para futura construção de consensos na UE

A tensão entre a Polónia a Comissão Europeia vem de longa data, devido às políticas do atual governo ultraconservador do PiS
A tensão entre a Polónia a Comissão Europeia vem de longa data, devido às políticas do atual governo ultraconservador do PiS Direitos de autor Czarek Sokolowski/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Czarek Sokolowski/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Vincenzo GenoveseIsabel Marques da Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A capacidade de obter consensos na União Europeia (U)E é em grande parte infuenciada pela atitude mais ou menos nacionalista dos seus Estados-membros, pelo que há muita expetativa sobre as eleições na Polónia, no domingo.

PUBLICIDADE

O atual governo do ultraconservador Partido Lei e Justiça espera renovar o mandato, mesmo que em coligação. O mesmo cenário se aplica à Plataforma Cívica (PO), de centro-direita e pró-europeia, principal voz da oposição. A euronews falou com eurodeputados sobre esta eleição muito aguardada em Bruxelas.

"A Polónia tornou-se ainda mais importante no último ano e meio devido à sua forte oposição às políticas expansionistas de Putin. Na Ucrânia, portanto, se houver uma confirmação da maioria governamental, tal daria continuidade a esta escolha e seria certamente um fator de estabilidade para a postura geopolítica da União Europeia no seu conjunto", disse Carlo Fidanza, eurodfeputado conservador italiano.

"Eu diria que a principal diferença é que a atual oposição assumiu, claramente, uma posição construtiva quando se trata de se envolver a nível europeu, nomeadamente nos desafios que temos pela frente, seja em torno da questão da transição ecológica ou da migração, entre outras questões. Talvez tenham assumido posições conservadoras, mas são construtivos no envolvimento a nível europeu", afirmou Terry Reintke, eurodeputada alemã dos verdes.

Diferendo entre Polónia e a Comissão Europeia

A tensão entre a Polónia a Comissão Europeia vem de longa data, devido a várias políticas do governo de Varsóvia contrárias aos princípios dos Tratados da UE. 

Estas violações constantes vão gerar tensões também com os outros Estados-membros da União. Eventualmente, na minha opinião, poderão também criar problemas nos mecanismos de funcionamento da União.
Arianna Angeli
Professora de Direito Constitucional Comparado, Universidade de Milão

Em causa estão medidas que violam o Estado de Direito e a independência do poder judicial, tendo levado ao congelamento de fundos europeus destinados à Polónia.

"Estas violações constantes vão gerar tensões também com os outros Estados-membros da União. Eventualmente, na minha opinião, poderão também criar problemas nos mecanismos de funcionamento da União, que está agora a sofrer um cerco interno constante por parte de um dos países membros", explicou Arianna Angeli, professora de Direito Constitucional Comparado, na Universidade de Milão (Itália), em entrevista à eurnoews.

A Polónia tem dificultado consensos em várias políticas comunitárias, nomeadamente a gestão da migração.

A par da voto eleitoral, os cidadãos serão chamados a pronunciarem-se num referendo com quatro perguntas, inlcuindo uma sobre a relocalização de requerentes de asilo do Médio Oriente e África previsto no novo Pacto da UE sobre Migração e Asilo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Camionistas polacos bloqueiam fronteiras entre Polónia e Ucrânia

Veto da Hungria e Polónia não bloqueia acordo sobre migrações

Polónia a um mês das eleições que poderão abalar a política nacional