EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Presidente da Conferência para a Recuperação da Ucrânia demite-se

Conferência realiza-se a 11 e 12 de junho
Conferência realiza-se a 11 e 12 de junho Direitos de autor Markus Schreiber/AP
Direitos de autor Markus Schreiber/AP
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Antes do início da conferência em Berlim, o presidente da estrutura, Mustafa Nayyem, anunciou a demissão, em ruptura com o governo de Kiev.

PUBLICIDADE

Berlim prepara-se para acolher uma nova etapa da Conferência sobre a Recuperação da Ucrânia, a primeira organizada num país da União Europeia, terça e quarta-feira.

Desta vez, o evento decorre num ambiente tenso. Esta segunda-feira, o presidente da conferência, Mustafa Nayyem, anunciou a demissão, alegando "obstáculos sistémicos" que o impedem de desempenhar eficazmente as suas funções. Num post no Facebook, atacou o governo ucraniano, lamentando os cortes orçamentais e os entraves burocráticos.

A gota de água, segundo ele, foi o cancelamento da viagem à conferência de Berlim por parte do governo de Kiev.

A conferência sobre a recuperação da Ucrânia reúne chefes de governo e de Estado para mobilizar o apoio internacional para a reconstrução e modernização do país devastado pela guerra. Este ano, o evento será imediatamente seguido pela Cimeira de Paz da Ucrânia, que tem lugar na Suíça no fim de semana.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia afirma ter atingido pela primeira vez um avião de combate russo Su-57

Ucrânia: uma ambulância transformada em clínica dentária em plena guerra

Um "Plano Marshall" solar deve estar no centro da recuperação da Ucrânia, diz a Greenpeace