This content is not available in your region

Plataforma Wegate apoia mulheres empresárias na Europa

euronews_icons_loading
Plataforma Wegate apoia mulheres empresárias na Europa
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

A rede de empresárias WEgate dá apoio às mulheres que querem lançar, gerir e desenvolver empresas.

Os irmãos Bonfanti em Turim, Itália, fabricam botões há mais de 70 anos e posicionam-se no mercado como uma marca de qualidade. Os produtos da empresa de Turim são vendidos em lojas especializadas em todo o mundo.

Fundada pelo avô, a empresa tem quarenta empregados e é gerida por duas irmãs, Serena e Chiara Bonfanti, ao lado do pai e do tio. As duas mulheres afirmam que implementaram mudanças desde que assumiram a liderança da empresa.

"Por exemplo, apostámos na flexibilidade, para dar aos clientes soluções à medida das suas necessidades", contou Serena Bonfanti, gestora das exportações. “E apostámos na digitalização da nossa comunicação. Temos novos canais para apoiar clientes, agentes e distribuidores”, acrescentou Chiara Bonfanti, responsável pelo atendimento ao clientes.

euronews
As empresárias italianas Serena e Chiara Bonfantieuronews

A rede de empresárias Wegate

Para obter ajuda e conselho, as irmãs aderiram a uma associação de mulheres empresárias em Turim. A rede Wegate dá apoio às mulheres que estão à frente de negócios.

"A WEgate é um verdadeiro refúgio. Como empresária, permitiu-me enriquecer as minhas competências pessoais, participar em programas de mentoria, seminários e formações. Po outro lado faço parte de uma associação empresarial local que me permite partilhar ideias. Podemos organizar atividades ao nível da nossa rede, ter acesso a fundos europeus e partilhar as melhores práticas", considerou Serena Bonfanti.

euronews
Eva Merloni, gestora de projeto da Plataforma Wegateeuronews

Mulheres enfrentam mais obstáculos na criação de empresas

A criação de uma empresa é um desafio para qualquer pessoa. Mas os estudos demonstram que as mulheres enfrentam obstáculos específicos, nomeadamente, ao nível do acesso ao financiamento.

Segundo estimativas, as mulheres criam cerca de um terço dos negócios na Europa, mas, as empresárias que lançam negócios na área da tecnologia recebem apenas cerca de 2% do capital de risco. Para dar resposta aos desafios, a rede WEgate oferece uma gama de serviços de apoio às empresas.

"A WEgate é uma plataforma. É um sítio de confiança onde mulheres empresárias podem encontrar informações e apoio sobre como lançar e expandir os negócios, por exemplo, como obter financiamento, mas também é um sítio para obter inspiração e celebrar o empreendedorismo das mulheres", afirmou Eva Merloni, gestora da WEgate.

"O empreendedorismo não tem género. Em muitos casos, as necessidades empresariais são exatamente as mesmas para homens e mulheres. No entanto, as mulheres enfrentam desafios específicos, como o acesso a financiamento e o equilíbrio entre vida profissional e pessoal para abrir e gerir uma empresa", sublinhou a responsável.