EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Sonda Juice da ESA foi lançada com sucesso

Sonda Jupiter Icy Moons Explorer está a postos para explorar Júpiter e as suas luas geladas
Sonda Jupiter Icy Moons Explorer está a postos para explorar Júpiter e as suas luas geladas Direitos de autor EUROPEAN SPACE AGENCY
Direitos de autor EUROPEAN SPACE AGENCY
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A nave espacial está preparada para explorar Júpiter e as suas luas geladas. Antes, vai percorrer uma viagem de 884 milhões de quilómetros. Chegará ao destino daqui a oito anos.

PUBLICIDADE

A sonda Jupiter Icy Moons Explorer (JUICE) está a postos para explorar Júpiter e as suas luas geladas, depois de uma jornada de 884 milhões de quilómetros.

Este é o alvo mais distante de sempre para uma sonda da Agência Espacial Europeia.

Missões espaciais anteriores sugeriram a presença de um oceano gigantesco. A JUICE tentará confirmá-lo e procurará encontrar existência de vida. Tudo isto sem aterrar.

“Não vamos abaixo da superfície com a JUICE, mas o que a sonda nos conseguirá dizer é a espessura da crosta de gelo. Por isso, se quisermos enviar um módulo de aterragem, pelo menos sabemos onde pousar. Muitas vezes perguntam-me: Por que é que não estamos a enviar um módulo de aterragem? Não sabemos onde pousar”, explicou Michele Dougherty, do Imperial College de Londres.

Projetada pela Airbus, a sonda JUICE carrega dez instrumentos científicos, protegidos de temperaturas extremas por uma manta de isolamento multicamadas.

A sonda também está equipada com enormes painéis solares de 85m2 - do tamanho de um campo de basquete - para manter a energia num ambiente onde a luz solar é 25 vezes mais fraca do que na Terra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sonda espacial Juno começou a explorar os segredos de Júpiter

Sonda espacial Rosetta deteta oxigénio em cometa

NASA despenha sonda espacial no planeta Mercúrio