EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

OMS pede a países para manter rastreio à covid-19

Havitantes de Pequim, China, aguardam por fazer teste à covid-19
Havitantes de Pequim, China, aguardam por fazer teste à covid-19 Direitos de autor Andy Wong/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Andy Wong/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Redução dos testes está a comprometer a vigilância da transmissão do coronavírus, alerta Organização Mundial da Saúde.

PUBLICIDADE

A redução acentuada de testes ao coronavírus está a comprometer a vigilância da trasmissão de covid-19. A queixa vem da Organização Mundial da Saúde (OMS), que, esta terça-feira, apelou aos países para manter o rastreio.

Apesar de garantir que se está a verificar um "encorajador" decréscimo no número de infeções e mortes, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, alerta que a falta de despistagem nos está a deixar "cada vez mais cegos relativamente aos padrões de transmissão e de evolução" do vírus.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tedros Ghebreyesus reeleito diretor-geral da OMS

Consequências da guerra sobre a saúde

OMS lembra que a Ómicron é perigosa, sobretudo para não vacinados