This content is not available in your region

Angola aposta no potencial turístico da natureza

euronews_icons_loading
Angola aposta no potencial turístico da natureza
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Uma linha costeira a perder de vista, terras plenas de vida e vários rios navegáveis são alguns dos trunfos do potencial turístico de Angola.

Dos trilhos do deserto do Namibe, no sudoeste do país, à natureza rica da província de Cuando Cubango, onde os rios correm para alimentar o famoso Delta do Cubango, o país abre as portas do turismo num convite especialmente ao mercado europeu e norte-americano.

Do deserto à selva em alguns quilómetros

O deserto do Namibe vai de Angola, passa pela Namíbia, e estende-se até ao Calaári na África do Sul. É um mar de areia, classificado como Património Mundial pela UNESCO desde 2013.

Ao longo do percurso, em território angolano é possível conhecer tribos locais e pernoitar em residências ecológicas e campismo de luxo.

EXPLORE ANGOLA/EURONEWS
Turismo de luxo junto da naturezaEXPLORE ANGOLA/EURONEWS

Mais para o interior, outra paisagem aguarda os visitantes. Terras férteis, cursos de água e vida selvagem. Além de um dos últimos pântanos selvagens do planeta, situado no Delta do Cubango.

Uma equipa do National Geographic, dedicada ao projeto "Okavango Wilderness", passou anos a estudar a região. Para os conservacionistas, como Stefan van Wyk, Cuando Cubango é único.

"Penso ter encontrado o local onde quero ficar para o resto da minha vida. É um lugar muito tranquilo e vejo muito potencial nesta área para o turismo", afirma.

De carro, mota ou comboio

De volta à costa, o cenário convida a uma emocionante aventura 4x4. O percurso em quatro rodas, que termina onde o rio Onzo quase encontra o oceano, permite aos visitantes conhecer lugares especiais que, de outra forma, seria difícil conhecer.

Outra forma de descobrir Angola é de mota, com tempo para parar em lugares fantásticos, como o Miradouro da Lua.

EXPLORE ANGOLA/EURONEWS
Paragem no Miradouro da LuaEXPLORE ANGOLA/EURONEWS

Para Jorge Custódio de Almeida, presidente da Assembleia-Geral do grupo Amigos da Picada, "é um país que tem uma linha costeira imensa, é um país convidativo. Angola é de facto uma potência, um segredo escondido dentro do turismo regional africano".

Após um dia de aventura, Mubanga assume-se como uma opção turística para um retiro de luxo junto da natureza, longe da confusão, mas em ambiente festivo.

Em alternativa, a viagem à descoberta de Angola pode ainda ser feita de comboio, admirando a beleza passageira da paisagem a bordo do luxuoso Trail of Two Oceans, seguindo alinha que liga Dar Es Salaam, na Tanzânia, ao Lobito, em Angola.

EXPLORE ANGOLA/EURONEWS
Comboio de luxo dá a conhecer paisagens de AngolaEXPLORE ANGOLA/EURONEWS

Diana Buchanan foi uma das passageiras a optar pela solução ferroviária para conhecer o país e não se arrepende da opção.

"Foi uma viagem e tanto! Quinze dias, tudo era novo, tudo era diferente, estou realmente impressionada com a beleza de Angola".