EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Uso de telemóveis durante os voos: passageiros estão divididos

Até agora, ao entrar em aviões, os passageiros são obrigados a adotar o modo avião.
Até agora, ao entrar em aviões, os passageiros são obrigados a adotar o modo avião. Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  Rebecca Ann Hughes
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Uma nova sondagem revelou que os passageiros não estão de acordo em relação às novas regras telefónicas a bordo.

PUBLICIDADE

Os passageiros em voos no interior da União Europeia (UE) poderão, em breve, usar telemóveis sem ativar o modo avião.

As novas regras - apresentadas pela Comissão Europeia no ano passado - significam que os passageiros podem fazer chamadas, enviar mensagens de texto e ver vídeos em streaming. Mas nem todos estão felizes.

De acordo com uma nova pesquisa da plataforma Kayak, um em cada cinco passageiros opõe-se à mudança.

21 por cento dos inquiridos britânicos estão contra as regras, enquanto outros 40 por cento são favor, apesar de entenderem que deve haver um limite no uso com "horas de silêncio" nos voos.

“Um voo pode muitas vezes ser visto como um tempo morto, mas para alguns faz parte da experiência de sair de férias, relaxar e desligar do mundo, tirar uma soneca ou assistir a um filme, que pode ser interrompido por outras pessoas que usam 5G", disse Evan Day, country manager da KAYAK UK.

“Esperemos que as pessoas respeitem os que estão à sua volta para evitar tumultos a bordo."

Porque é que os passageiros têm de ativar o modo avião nos voos?

A Comissão Europeia decidiu que as companhias aéreas podem fornecer tecnologia 5G a bordo, além de permitirem dados móveis.

Hoje (30 de junho) é o prazo para os Estados-membros fornecerem tecnologia 5G em aeronaves. Esta é uma grande mudança - os passageiros aéreos na UE estão atualmente obrigados a desligar os telemóveis ou ativar o modo avião durante toda a jornada.

Isso acontece porque, historicamente, havia pouco entendimento sobre como é que os dados móveis podem afetar as comunicações de voo, disse à BBC Dai Whittingham, executivo-chefe do Comité de Segurança de Voo do Reino Unido.

"Havia a preocupação de que pudessem interferir com os sistemas automáticos de controlo de voo", referiu. "O que se descobriu com a experiência é que o risco de interferência é muito pequeno", acrescentou.

Nos EUA e UE, Whittingham confirmou. "Há muito menos perspetiva de interferência", disse.

Nos EUA, surgiram preocupações sobre como as frequências 5G podem prejudicar os sistemas de voo e até mesmo causar alterações nas medições de altitude.

No entanto, isso não é um problema no Reino Unido e na UE, confirmou Whittingham.

"Há muito menos perspetiva de interferência", referiu. “Temos um conjunto diferente de frequências para 5G e há configurações de energia mais baixas do que as permitidas nos EUA.”

"O público que viaja quer 5G", acrescentou Whittingham.

"Os reguladores abrirão essa possibilidade, mas haverá medidas que serão tomadas para garantir que tudo o que eles fizerem seja seguro."

Quando é que os passageiros das companhias aéreas poderão fazer chamadas na UE?

A aprovação da Comissão Europeia significa que as companhias aéreas em breve permitirão que os passageiros usem os dados do telemóvel a bordo dos voos.

Isso quer dizer que os passageiros aéreos poderão fazer chamadas telefónicas, aceder a aplicações e transmitir músicas e vídeos em voos muito em breve.

PUBLICIDADE

“O 5G permitirá serviços inovadores para as pessoas e oportunidades de crescimento para as empresas europeias”, disse Thierry Breton, comissário europeu com a pasta do Mercado Interno, em comunicado.

"O céu não é mais um limite quando se trata de possibilidades oferecidas pela conectividade super-rápida e de alta capacidade", acrescentou.

As companhias aéreas poderão fornecer internet de alta velocidade com as frequências 5G, o que permitiria aos passageiros descarregar um filme em alguns minutos.

Os passageiros do voo querem usar telemóveis a bordo?

Embora o plano tenha sido saudado como um avanço para as viagens de avião, nem todos estão felizes.

“Pela forma como as pessoas se comportam com os seus telefones em todos os outros transportes públicos, esta é uma notícia deprimente”, escreveu um utilizador no Twitter.

PUBLICIDADE

“Mais uma razão para odiar voar. Imagine ficar sentado ao lado de alguém ao telemóvel durante horas”, disse outro.

“Não há sequer um plano para uma área silenciosa!”

Alguns turistas também gostam de fazer uma pausa nos seus telefones.

“Adoro que em um avião (e não viajo com muita frequência) o ambiente seja totalmente sem contacto [...] É um desligamento total”, disse um utilizador do Twitter.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento Europeu quer travar custos com bagagem de mão nos voos

Um morto e vários feridos devido à turbulência num voo de Londres para Singapura

Nova legislação sobre o álcool põe fim ao turismo de "sol, sexo e sangria" em Ibiza e Maiorca