EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Como tirar partido das ofertas de voos baratos quando as companhias aéreas cometem erros

As tarifas de erro podem permitir-lhe poupar centenas de euros no seu próximo voo.
As tarifas de erro podem permitir-lhe poupar centenas de euros no seu próximo voo. Direitos de autor Canva
Direitos de autor Canva
De  Angela Symons
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

As tarifas de erro podem garantir-lhe bilhetes a preços muito baixos - mas pode ser arriscado.

PUBLICIDADE

Está à procura de voos baratos para a sua próxima escapadela? As tarifas de erro podem ser a sua melhor aposta.

Como o nome sugere, as tarifas de erro são erros cometidos quando o preço de um voo é colocado online. Por vezes, os bilhetes são vendidos por muito menos do que deveriam, quer devido a erro humano quer a falhas nos complexos sistemas que determinam os preços dos voos.

Os viajantes mais experientes podem tirar partido destes erros para garantir umas férias baratas, mas existem alguns riscos associados a estas tarifas de baixo custo.

Eis tudo o que precisa de saber sobre as tarifas de erro, desde como as encontrar até ao que pode acontecer quando as reservar.

Como encontrar tarifas de erro

Existem vários sítios Web dedicados a encontrar voos baratos, incluindo aqueles que se especializam em truques como o skiplagging e as tarifas de erro.

O Jack's Flight Club é um exemplo que oferece ofertas de voos através de uma newsletter por correio eletrónico e de uma aplicação móvel. Em vez de oferecer bilhetes através da sua própria plataforma, redireciona os utilizadores para os sítios Web de reserva da companhia aérea ou da agência de viagens. A subscrição é gratuita, embora a subscrição Premium ofereça acesso a mais descontos.

O serviço fornece alertas para voos baratos com partida de todos os aeroportos da Bélgica, Dinamarca, Alemanha, Irlanda, Luxemburgo, Países Baixos, Noruega, Suécia e Reino Unido, bem como de Boston, Chicago, Nova Iorque, Filadélfia e Washington DC, nos EUA.

A Secret Flying oferece um serviço semelhante, com ofertas de voos baratos e erros no seu sítio Web e partilhados com os assinantes por correio eletrónico. A Secret Flying procura ofertas com partida de aeroportos de todo o mundo e a sua utilização é gratuita.

Também pode criar alertas de preços para rotas específicas com serviços como o Skyscanner ou o Google Flights

As tarifas com erro são normalmente retificadas ou esgotam-se rapidamente.

Quais são as causas das tarifas de erro?

Os preços dos voos são frequentemente determinados por algoritmos complexos que os ajustam com base em dados como a procura de determinadas rotas ou distâncias.

Podem ainda ser ajustados por agências de viagens que vendem voos como terceiros. Por vezes, as tarifas de erro ocorrem quando estes agentes apresentam preços diferentes dos preços diretos da companhia aérea, devido a um erro humano ou a uma falha no sistema.

Noutros casos, as conversões de uma moeda para outra podem ser indicadas incorretamente, tornando o voo muito mais barato do que deveria ser. A companhia aérea pode também calcular incorretamente o número de milhas dos voos de ligação, o que resulta em taxas mais baixas.

Por vezes, as companhias aéreas cometem o erro de apresentar um voo de primeira classe ou de classe executiva a uma tarifa económica. É aqui que pode fazer as maiores poupanças, uma vez que as tarifas económicas são, em grande parte, constituídas por taxas e sobretaxas que, normalmente, permanecem as mesmas, independentemente dos erros.

À medida que a tecnologia melhora e a IA assume o controlo, é provável que as tarifas de erro se tornem menos comuns e sejam retificadas mais rapidamente quando ocorrem.

Quais são os riscos de reservar uma tarifa de erro?

Os bilhetes com tarifa de erro são normalmente garantidos pelas companhias aéreas, mas isto não é certo, a menos que o seu país tenha leis que o apliquem.

Regra geral, estas leis têm em conta se o erro era suficientemente óbvio para que o consumidor se apercebesse, quanto tempo foi deixado online e com que rapidez o comprador foi notificado.

Mas os passageiros que aproveitam estas tarifas baratas devem ter em conta que a companhia aérea pode cancelar o seu voo se se aperceber do erro e decidir não o manter. Nestes casos, o passageiro tem direito a um reembolso total. Não lhe será cobrado o preço total do bilhete sem a sua autorização.

PUBLICIDADE

Por esta razão, sítios como Jack's Flight Club e Secret Flying aconselham a não fazer outros planos de viagem, como reservar hotéis ou alojamento, até ao último minuto.

A Secret Flying diz que há uma "pequena hipótese" de a companhia aérea cancelar o bilhete. Assim, é melhor reservar alojamento reembolsável ou flexível se estiver a planear voar com uma tarifa de erro.

Se reservar acidentalmente um voo com erro porque o desconto não era suficiente para ser considerado anormal, pode ter o direito de recusar a tarifa se a companhia aérea cancelar o seu voo ou obter uma indemnização da companhia aérea por quaisquer custos adicionais incorridos, tais como reservas de hotel.

O Jack's Flight Club afirma que cerca de 70% das tarifas de erro que enumera são honradas pelas companhias aéreas, uma vez que estas tendem a evitar o incómodo e a má publicidade do cancelamento de bilhetes. Depois de o bilhete ser emitido, é menos provável que seja cancelado.

Para ter mais hipóteses de ver a sua tarifa de erro honrada, reserve diretamente com a companhia aérea e reserve apenas bilhetes com descontos plausíveis.

PUBLICIDADE

Quanto é que pode poupar com as tarifas de erro?

As recentes tarifas de erro partilhadas pelo Jack's Flight Club incluem um voo de 46 euros de Londres para Los Angeles com a Norwegian e Amesterdão para o Peru por 164 euros com a AeroMexico

Estas viagens custariam normalmente cerca de 410, 800 e 900 euros, respetivamente.

A Secret Flying listou recentemente voos em classe executiva de várias cidades alemãs para Cusco, no Peru, a partir de 834 euros para uma viagem de ida e volta com a Iberia e a LATAM Airlines. Os voos em classe executiva a partir de Munique custam normalmente mais de 3 000 euros.

O sítio também alertou recentemente para voos de 250 euros de Estocolmo, na Suécia, para Joanesburgo, na África do Sul, com a Swiss International Air Lines - cerca de metade do preço habitual.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mortes e ferimentos graves provocados por turbulência são raros, mas as alterações climáticas estão a agravá-los

Um morto e vários feridos devido à turbulência num voo de Londres para Singapura

Nova legislação sobre o álcool põe fim ao turismo de "sol, sexo e sangria" em Ibiza e Maiorca