EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Um morto e vários feridos devido à turbulência num voo de Londres para Singapura

Superjumbo Airbus A380 com a pintura da Singapore Airlines
Superjumbo Airbus A380 com a pintura da Singapore Airlines Direitos de autor REMY GABALDA/AP
Direitos de autor REMY GABALDA/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O avião enfrentou fortes turbulências e teve de ser desviado para Banguecoque, onde as equipas de emergência se apressaram a ajudar os passageiros durante a tempestade.

PUBLICIDADE

Uma pessoa morreu e várias ficaram feridas a bordo de um voo da Singapore Airlines que ligava Londres a Singapura. O avião deparou-se com fortes turbulências e teve de ser desviado para Banguecoque, onde as equipas de emergência se apressaram a ajudar os passageiros no meio de uma tempestade.

O avião, um Boeing 777-300ER, levava a bordo 211 passageiros e 18 membros da tripulação. Aterrou na capital tailandesa às 15h45 (08h45 GMT), informou a companhia aérea numa publicação nas redes sociais.

As equipas de emergência do Hospital Samitivej Srinakarin, que fica a cerca de 20 quilómetros do aeroporto de Suvarnabhumi, estiveram no local para transferir os passageiros feridos para fora da pista para tratamento. Vídeos publicados na plataforma de mensagens LINE pela equipa de gestão do aeroporto de Suvarnabhumi mostraram uma fila de ambulâncias a acorrer ao local.

"A Singapore Airlines apresenta as suas mais profundas condolências à família do falecido", declarou a companhia aérea. "Estamos a trabalhar com as autoridades locais na Tailândia para prestar a assistência médica necessária e a enviar uma equipa a Banguecoque para prestar qualquer assistência adicional necessária", acrescentou.

Os dados de localização captados pelo FlightRadar24 e analisados pela The Associated Press mostraram que o voo SQ321 da Singapore Airlines, proveniente de Heathrow, estava a voar a uma altitude de 37.000 pés, cerca de 11.000 metros. Pouco depois das 08h00 GMT, o avião desceu repentina e bruscamente para 31.000 pés, cerca de 9.400 metros, num espaço de tempo de cerca de três minutos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcelona quer proibir a venda de lembranças "ofensivas"

Túnel subaquático vai ligar Dinamarca à Alemanha e substituir 45 minutos de ferry por sete minutos de comboio

"Mau para o turismo": Porque é que os agentes de viagens dizem que o novo sistema de entrada/saída da UE pode voltar a sofrer atrasos