A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Quénia detém centenas de alegados terroristas em três mesquitas de Mombassa

Quénia detém centenas de alegados terroristas em três mesquitas de Mombassa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia do Quénia leva a cabo desde terça-feira uma operação contra os meios islamitas na cidade portuária de Mombassa. Duas mesquitas na cidade foram encerradas depois de serem alvo de rusgas esta quarta-feira, quando as autoridades afirmam tentar neutralizar vários grupos próximos do movimento islamita Al-Shebaab da vizinha Somália.

Desde terça-feira que a polícia afirma ter detido mais de 376 pessoas, depois de ter intervido em três mesquitas da cidade.

Pelo menos 158 detidos deverão ser acusados de pertencerem ao grupo terrorista somali.

A operação ocorre depois de uma série de ataques com arma branca em Mombassa, que provocaram pelo menos quatro pessoas, ferindo outras sete em várias paragens de autocarro esta semana.

Desde o atentado contra um centro comercial em Nairobi, que provocou 39 mortos, em setembro do ano passado que o grupo Al-Shebaab reinvindicou pelo menos outros quatro ataques que provocaram quase duas dezenas de mortos