Última hora
This content is not available in your region

Dossiê nuclear iraniano em fase decisiva

Dossiê nuclear iraniano em fase decisiva
Tamanho do texto Aa Aa

Durante uma semana, em Viena, o G5+1 e Teerão negoceiam uma solução para o impasse do programa nuclear iraniano com prazo até 24 de novembro.

Um ano depois de ter inviabilizado um acordo, a França mostra agora uma postura mais suave nas negociações atuais, incentivada por uma abordagem mais abrangente e consicente de que um fracasso pode ter consequências terríveis em toda a região.

Apesar de muitas diferenças os dois lados estão confiantes num desfecho positivo.

Philip Hammond, ministro dos Negócios Estrangeiros britânico afirma: “ Estamos todos determinados a fazer alguns progressos, mas essas são questões muito difíceis e tecnicamente complexas, temos um longo caminho a percorrer”.

Além de algumas questões técnicas menores, o consenso esbarra sobretudo em dois pontos: o enriquecimento de urânio e o tempo para a suspensão das sanções contra Teerão.

No pacto provisório assinado em novembro de 2013, em Genebra, o Irão prometeu maior transparência. Contudo até o momento a AIEA afirma não dispor de acesso pleno às instalações iranianas.