Última hora

40 pessoas detidas nos protestos em Hong Kong

40 pessoas detidas nos protestos em Hong Kong
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os confrontos continuaram este domingo, nas ruas de Hong Kong, entre a polícia e os manifestantes pró-democracia.

40 pessoas terão sido detidas e várias ficaram feridas. A polícia tentou dispersar com gás pimenta, os manifestantes que tentaram cercar a sede do governo.

Desde o dia 28 de setembro que milhares de pessoas, lideradas por grupos de estudantes, têm ocupado as ruas da cidade para exigirem eleições livres nas legislativas de 2017.

Segundo as regras impostas por Pequim, os candiatos à eleição têm que ser validados pelo comité designado pela China.

Pequim recuperou em 1997 esta antiga colónia britânica com um estatuto especial de transição até 2047.

Uma comissão de deputados britânicos tentou entrar em Hong Kong, nas últimas horas, mas as autoridades chinesas não permitiram.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.