Cazaquistão quer mediar crise entre Ucrânia e Rússia

Cazaquistão quer mediar crise entre Ucrânia e Rússia
De  Lurdes Duro Pereira com Reuters, AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O chefe de Estado do Cazaquistão quer mediar a crise entre a Rússia e Ucrânia. Durante uma visita a Kiev, Nursultan Nazarbayev apresentou-se como um

PUBLICIDADE

O chefe de Estado do Cazaquistão quer mediar a crise entre a Rússia e Ucrânia. Durante uma visita a Kiev, Nursultan Nazarbayev apresentou-se como um intermediário certo para acabar com o mal-estar entre os dois países.

O Cazaquistão tem relações bilaterais com a Ucrânia e a Rússia e é assim que quer continuar.

“Quero dizer à Rússia e à Ucrânia que é importante chegar a um entendimento para acabar com o atual conflito e preservar a integridade territorial ucraniana. A atual situação não faz sentido. Não é normal” afirma Nursultan Nazarbayev, presidente do Cazaquistão.

“O Cazaquistão demonstrou um forte apoio à Ucrânia, incluindo a nível financeiro. Penso que isto é muito importante para reforçar a nossa cooperação” refere o chefe de Estado ucraniano, Petro Poroshenko.

Esta terça-feira, o homem forte do Cazaquistão reúne-se, em Moscovo, com os chefes de Estado da Rússia e da Bielorrússia. Alexander Lukashenko, também, já disse estar disponível para ajudar a por fim ao conflito no leste da Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia declara correspondente da BBC de “agente estrangeiro”

Um morto e doze feridos em ataque russo a Poltava na Ucrânia

Blinken: "É essencial enviar mais armas para a Ucrânia"