EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Bahrein: Protestos em Manama após detenção de opositor xiita

Bahrein: Protestos em Manama após detenção de opositor xiita
Direitos de autor 
De  Euronews com Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Os arredores da capital do Bahrein, Manama, voltaram a ser palco de protestos e confrontos contra as forças da ordem. O motivo foi a detenção no

PUBLICIDADE

Os arredores da capital do Bahrein, Manama, voltaram a ser palco de protestos e confrontos contra as forças da ordem.

O motivo foi a detenção no domingo de Sheikh Ali Salman, líder do principal partido da oposição xiita, al-Wefaq, Sociedade Nacional Islâmica.

A polícia usou gás lacrimogéneo para conter a fúria da multidão que arremessou pedras e outros objetos contra as autoridades.

Ali Salman é acusado de insultar a justiça e o governo e de incitar a violência sectária.

O reino do Bahrein, uma ilha próxima da Arábia Saudita, de maioria xiita, é dominado há décadas por uma monarquia sunita. O parlamento, eleito, tem poucos poderes já que o chefe de governo é nomeado pelo Rei, Hamad bin Isa Al Khalifa.

A detenção do Sheikh, no domingo, surgiu na sequência de um outro protesto contra as eleições parlamentares e municipais do início do mês, alvo do boicote dos opositores xiitas, que advogam uma democracia completa.

Os protestos esporádicos já duram deste 2011 e nos últimos tempos as ações violentas têm subido de tom com ataques à bomba contra a polícia. Este mês duas pessoas morreram em dois ataques distintos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líder da independência da Nova Caledónia comparece em tribunal devido aos tumultos

Israelitas em protesto em Jerusalém para exigir eleições e libertação dos reféns

"Agricultores guerreiros" próximos da extrema-direita fizeram protesto "convivial"