Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Dakar 2015: Gonçalves sólido com Rúben Faria e Carlos Sousa a subir

Dakar 2015: Gonçalves sólido com Rúben Faria e Carlos Sousa a subir
Tamanho do texto Aa Aa

Com os portugueses em plano de destaque e alguns participantes um pouco perdidos no mapa, decorreu esta segunda-feira, entre Villa Carlos Paz e San Juan, na Argentina, a segunda etapa do Dakar 2015, o mítico rali todo-o-terreno que volta este ano a percorrer algumas das regiões mais áridas da América do Sul.

Nas duas rodas, o vencedor do dia foi o espanhol Joan Barreda, que assumiu a liderança da geral ao completar a etapa do dia em 5h46m06s. Na segunda posição da geral, continua Paulo Gonçalves. O “motard” português voltou a ser segundo nesta etapa, terminou a a pouco mais seis minutos do espanhol e segue, na geral, a 4,37 minutos de Barreda. O terceiro a cortar a meta em San Juan foi outro português. Ruben Faria gastou mais 9,16 minutos do que o vencedor e segue a 10,37 minutos do líder da geral.

Hélder Rodrigues terminou a etapa em sétimo e é oitavo da geral. Mário Patrão, por fim, cortou a meta em 31.° e segue em 35.°.

Nas quatro rodas, Carlos Sousa cortou a meta esta segunda-feira na nona posição. O piloto português, ao volante de um Mitsubishi, já conseguiu entrar no top-10 da geral desta edição do Dakar.

Nasser Al-Attiyah voltou, entretanto, a chegar em primeiro à meta. Depois de ter sido, contudo, penalizado na véspera e perdido a liderança na secretaria, o piloto do Catar, ao volante de um Mini, retomou o primeiro lugar da geral. Carlos Sousa é nono na geral e leva 22,04 minutos de atraso para o líder.