Resgatada uma parte da cauda do avião da AirAsia

Resgatada uma parte da cauda do avião da AirAsia
De  Dulce Dias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Uma pequena parte da cauda do avião da AirAsia foi trazida para a superfície mas os mergulhadores indonésios continuam a procurar as caixas negras do avião

PUBLICIDADE

Uma pequena parte da cauda do avião da AirAsia foi trazida para a superfície. Os destroços do aparelho situam-se a 30 metros de profundidade, no mar de Java.

Ao mesmo tempo que, com a ajuda de balões insufláveis, as autoridades tentam trazer para a superfície, partes da fuselagem do Airbus A320, os mergulhadores indonésios continuam a procurar as caixas negras do avião, desaparecido dos radares no passado dia 28 de dezembro.

Os sinais destes gravadores de voo foram detetados na sexta-feira. Ao que tudo indica, têm origem a mais de um quilómetro e meio da zona onde foi encontrada a cauda do aparelho – zona do avião onde se situam as caixas negras. As autoridades estimam que estas se tenham separado da fuselagem no momento do impacto com a água.

Até agora, foram resgatados 48 corpos de um total de 162 vítimas mortais do acidente do voo QZ8501.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Aberta a guerra da informação sobre abate de avião militar russo

Regras de segurança apertadas salvaram passageiros do avião que se incendiou em Tóquio

Cinco tripulantes de avião da Guarda Costeira japonesa mortos na colisão com avião comercial