Última hora
This content is not available in your region

Futuro de Rita Jeptoo mais incerto que nunca

De  Bruno Sousa
Futuro de Rita Jeptoo mais incerto que nunca
Tamanho do texto Aa Aa

Rita Jeptoo tem o destino nas mãos da Federação Queniana de Atletismo mas a decisão tem vindo a ser tomada ao ritmo de uma maratona.

A atleta de 33 anos foi ouvida durante duas horas e os dirigentes federativos discutiram o caso durante doze horas mas no final, qualquer decisão foi adiada para novo encontro dentro de duas semanas.

A vencedora das duas últimas edições das maratonas de Boston e Chicago, acusou eritropoetina num controlo antidoping efetuado em setembro mas declarou-se inocente.

O seu futuro está nas mãos da federação. Caso seja considerada culpada, surge um novo dilema para as instâncias locais: aplicar a pena de dois anos que estava em vigor aquando do controle ou aplicar nova legislação que entrou em vigor a um de janeiro e prevê uma suspensão de quatro anos.