Última hora

Haiti: novo protesto contra Martelly

Haiti: novo protesto contra Martelly
Tamanho do texto Aa Aa

A capital do Haiti voltou a ser palco de uma manifestação para exigir a demissão do presidente Michel Martelly, denunciar a corrupção e pedir uma descida dos preços dos combustíveis.

O novo protesto representou um presente “amargo” para o chefe de Estado, que cumpriu 54 anos esta quinta-feira.

Embora tenha sido maioritariamente pacífica, a manifestação ficou também marcada por confrontos esporádicos entre grupos de jovens e as forças da ordem, que recorreram a gás lacrimogéneo.

A contestação contra Martelly dura há três meses e não dá sinais de enfraquecer, com vários grupos de estudantes a juntarem-se aos protestos desde a semana passada.

No passado dia 7, milhares de haitianos encheram também as ruas de Port-au-Prince, por ocasião do aniversário do fim da ditadura de Jean-Claude Duvalier.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.