A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ucrânia: Debaltseve respeitará a trégua?

Ucrânia: Debaltseve respeitará a trégua?
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Até à entrada em vigor da trégua, este sábado ficou marcado por intensos combates no leste ucraniano.

Os principais confrontos registaram-se nas imediações do nó ferroviário estratégico de Debaltseve, a meio caminho entre os bastiões rebeldes de Donetsk e Lugansk.

Os separatistas pró-russos tentam há vários dias apoderar-se da cidade, onde milhares de soldados do Exército ucraniano se encontram cercados. O presidente Petro Poroshenko sublinhou que a atuação dos rebeldes à volta de Debaltseve pode constituir a principal ameaça ao processo de paz.

Os separatistas, apoiados pela Rússia, deixaram entender que o cessar-fogo não se aplicará à cidade estratégica.

Poucas horas antes da entrada em vigor, Donetsk registava também tiros de artilharia a um ritmo regular, que resultaram na morte de pelo menos três civis no centro da cidade. Segundo testemunhas no local, os ataques parecem, no entanto, ter parado a partir da meia-noite.