Eslovénia aprova casamento "gay"

Eslovénia aprova casamento "gay"
De  Dulce Dias com AFP e RTV da Eslovénia
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

É o 11.° país da União Europeia a autorizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo

PUBLICIDADE

A Eslovénia junta-se ao grupo dos países que autorizam o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Com 51 votos a favor, 28 contra e cinco abstenções, o parlamento de Ljubljana adotou, esta terça-feira, a lei que permite o casamento “gay”.

Uma legislação proposta pela Esquerda Unida, na oposição, e apoiada pela coligação centrista e social-democrata, mas que contou com o voto contra dos deputados de centro-direita.

Durante o voto, cerca de duas mil pessoas reuniram-se no exterior do parlamento. Manifestam o repúdio pela nova legislação e prometem lançar uma petição para organizar um referendo e assim impedir a entrada em vigor do texto. Para tal, precisam de reunir 40.000 assinaturas.

Em 2012, em referendo, os eslovenos recusaram o casamento homossexual, a 55%. Mas a consulta pública tivera uma reduzida taxa de participação.

A Eslovénia torna-se, assim, o 11.° país da União Europeia a autorizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova lei grega exclui casais homossexuais de serem pais biológicos

75 anos após a Declaração Universal dos Direitos do Homem: ainda faz sentido?

Rússia classifica movimento LGBT como "organização extremista"