EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Síria: Bashar al Assad menospreza declarações de John Kerry

Síria: Bashar al Assad menospreza declarações de John Kerry
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

As declarações dos Estados Unidos devem ser seguidas de atos. É a resposta do líder sírio à alusão feita pelo chefe da diplomacia norte-americana de

PUBLICIDADE

As declarações dos Estados Unidos devem ser seguidas de atos.

É a resposta do líder sírio à alusão feita pelo chefe da diplomacia norte-americana de que o regime de Damasco deve participar nas negociações para põr fim ao conflito na Síria.

A reação de Assad perante os jornalistas foi de menosprezo: “Nós escutamos sempre as declarações, esperamos pela ação e depoios decidimos”, afirmou, acrescentando: “o que quer que seja que eles digam, a última palavra nesta questão é do povo sírio. Por isso, o que quer que tenha sido dito desde o princípio da crise há quatro anos e até hoje, não nos diz respeito”.

A França reagiu rapidamente. Paris defende uma negociação política para o conflito, mas sem passar por Bashar al Assad.

A porta-voz do Departamento de Estado, Marie Harf apressou-se a afirmar “Kerry falou de negociar com o regime, não com Assad”.

Mas Assad é a figura incontornável de um conflito que já matou mais de 215 mil pessoas e fez fugir do país mais de três milhões.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Washington admite ter de negociar com Assad

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs