Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Papa almoça com transexuais e portadores de SIDA em Nápoles

Papa almoça com transexuais e portadores de SIDA em Nápoles
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco visitou este sábado uma prisão de Nápoles onde almoçou com cerca de 120 detidos, incluindo transexuais e portadores de SIDA selecionados como representantes das respetivas comunidades na prisão napolitana.

Antes da visita à prisão, Francisco conduziu uma missa no centro da cidade, testemunhada por milhares de fiéis. O Sumo Pontíficie apelou aos membros da Camorra, a conhecida máfia napolitana, para virarem costas à violência e assim acabarem com as lágrimas das mães de Nápoles.

“Aos criminosos e aos seus cúmplices, eu, hoje, de forma humilde e como um irmão, repito: convertam-se ao amor e à justiça. É possível regressar à honestidade. As lágrimas das mães de Nápoles estão a pedir-vos isto”, proferiu.

O Papa Francisco pediu ainda aos napolitanos para que não deixem os criminosos roubarem-lhes a esperança e para que reajam “com firmeza contra organizações que exploram e corrompem os jovens, que exploram os pobres e os fracos através do cínico tráfico de drogas e outros crimes.”

Isto tudo num dia em que o líder da igreja católica percorreu ainda alguns dos bairros mais perigosos de Nápoles como o Scampia, um bastião dos gangues que trabalham para a Camorra.