Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Nigéria organiza as eleições mais caras de África

Nigéria organiza as eleições mais caras de África
Tamanho do texto Aa Aa

Entre escândalos de corrupção e violência, a Nigéria, vota este sábado em eleições presidenciais que podem trazer uma grande mudança para o país.

O presidente cessante, Goodluck Jonathan perdeu muito apoio desde sua vitória confortável em 2011 e a oposição uniu-se para apoiar Muhammadu Buhari, militar que governou o país durante quase dois anos, após um golpe militar no final de 1983.

A campanha foi violenta. O partido do governo, Partido Democrático do Povo (PDP), e o Congresso Progressista trocam acusações. As muitas divisões regionais e religiosas foram expostas.

Os dois principais candidatos são de religiões e regiões diferentes. Jonathan é um cristão do sul do país e o general Buhari, muçulmano do norte.

Estas são as eleições mais cara já realizadas em África, e pairam suspeitas de que o dinheiro público foi usado pelas duas campanhas.