Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Israel rejeita acordo sobre dossiê nuclear iraniano

Israel rejeita acordo sobre dossiê nuclear iraniano
Tamanho do texto Aa Aa

O governo israelita exige que num acordo final sobre o dossiê nuclear, o Irão reconheça, de forma inequívoca, o direito à existência de Israel.

Após uma conversa telefónica com o presidente norte-americano e três horas de reunião com o gabinete de segurança, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, rejeitou o entendimento:
“Este acordo não impede o Irão de dotar-se de uma bomba. Este acordo abre o caminho para uma bomba. Pode provocar uma corrida ao armamento nuclear no Médio Oriente e vai aumentar, consideravelmente, os riscos de uma terrível guerra”.

Para Israel, o Irão é uma ameaça à sua sobrevivência e estima que o acordo de princípio permite a Teerão conservar as infraestruturas nucleares.

A Alemanha, através do ministro dos Negócios Estrangeiro, pediu a Israel que analise o acordo com atenção, mas considera ao mesmo tempo que ainda é cedo para festejar, esperando que o regime iraniano cumpra o prometido.