Última hora
This content is not available in your region

Argentina apresenta queixa contra petrolíferas que operam nas Malvinas

Argentina apresenta queixa contra petrolíferas que operam nas Malvinas
Tamanho do texto Aa Aa

A Argentina apresentou, quinta-feira, queixa contra companhias petrolíferas britânicas e norte-americanas que operam nas Ilhas Malvinas, um arquipélago no Atlântico Sul reivindicado por Buenos Aires, que integra o Reino Unido desde 1833.

Segundo a denúncia, há um mês que as petrolíferas procedem a operações de exploração na plataforma continental argentina a partir de uma plataforma offshore localizada 200 quilómetros a norte do arquipélago.

“A Argentina tem condições para executar uma ação legal contra quem, sem autorização do Ministério da Energia, está a levar a cabo ações de busca e exploração”, disse Daniel Filmus, do Ministério dos Negócios Estrangeiros argentino.

Igualmente na quinta-feira o ministério dos Negócios Estrangeiros pediu ao embaixador britânico, John Freeman, explicações sobre o conteúdo das denúncias divulgadas na semana passada pelo site inglês “The Intercept”, segundo as quais Londres levou a cabo contra a Argentina um programa de espionagem eletrónica
entre 2006 e 2011.

“O mais espantoso é o nível de ameaça que a Inglaterra tem contra a Argentina. Entre 2006 e 2011 A Argentina foi declarada juntamente com o Irão o principal alvo da espionagem britânica”, sublinhou o jornalista Eddie Fitte.

A descoberta de petróleo fez aumentar a tensão na disputa pelo controlo do arquipélago depois de há 30 anos forcas argentinas terem invadido as ilhas.

Numa breve guerra entre Londres e Buenos Aires
morreram 600 soldados argentinos e 255 britânicos.