EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Casaquistão: Caso Nurbank começa a ser julgado em Viena

Casaquistão: Caso Nurbank começa a ser julgado em Viena
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Começou o julgamento de dois cazaques acusados de terem assassinado dois banqueiros, juntamente com um dissidente e antigo diplomata, Rakhat Aliyev

PUBLICIDADE

Começou o julgamento de dois cazaques acusados de terem assassinado dois banqueiros, juntamente com um dissidente e antigo diplomata, Rakhat Aliyev, que as autoridades austríacas dizem ter cometido suicídio na prisão.

O caso envolve altas figuras do Estado. Rakhat Aliyev, encontrado morto, era ex-genro do presidente Noursoultan Nazarbaïev e antigo embaixador do Cazaquistão na Áustria.

Em tribunal perante a justiça austríaca, que recusa a extradição para Astana, estão a ser julgados o antigo diretor dos serviços secretos cazaques e um guarda da família presidencial.

A procuradoria alega que motivos financeiros levaram o falecido ex-diplomata a ordenar os crimes. Os dois dirigentes do Nurbank foram raptados, violados e depois assassinados em 2007.

A defesa alega que não foi explorada a tese de uma conspiração das autoridades pelo facto do antigo embaixador se ter tornado voz crítica do presidente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Josef Fritzl, que prendeu e violou a filha durante 24 anos, pode ser transferido para prisão normal

Ex-chanceler austríaco Sebastian Kurz vai ser julgado por falsas declarações

Debandada em evento religioso na Índia mata mais de 100 pessoas