EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Grã-Bretanha: um país unido para celebrar o fim da II Guerra Mundial

Grã-Bretanha: um país unido para celebrar o fim da II Guerra Mundial
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A Abadia de Westminster, em Londres, voltou a encher-se, este domingo, de figuras britânicas ilustres. Antes da missa, celebrada pelo Arcebispo de

PUBLICIDADE

A Abadia de Westminster, em Londres, voltou a encher-se, este domingo, de figuras britânicas ilustres. Antes da missa, celebrada pelo Arcebispo de Canterbury, a Rainha Isabel II prestou homenagem ao soldado desconhecido.

Um milhar de veteranos de guerra marcou presença em mais uma das celebração dos 70 anos que passaram sobre o fim da II Guerra Mundial, no Reino Unido.

À celebração religiosa, sob o tema ação de graças pela reconciliação e unidade, seguiu-se um desfile no qual participaram os veteranos. A marcha começou na Abadia de Westminster e percorreu vários pontos da capital londrina, entre eles o Parlamento britânico, a parada do Palácio de Buckingham e o local onde Winston Churchill apareceu à multidão e fez o seu famoso discurso de vitória.

O maior bombardeiro britânico na Segunda Guerra Mundial, Lancaster, deveria ter participado nos festejos mas acabou em terra depois de um incêndio no motor.

O governo britânico pediu às comunidades das várias fés a juntarem-se, da forma que considerassem adequada, às celebrações do dia em que terminou um dos momentos mais dramáticos da história mundial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

William apareceu sem Kate na "Garden Party" de verão do Palácio de Buckingham

Jovem de 13 anos morre após ataque com espada em Londres

Sunak anuncia: voos de deportação do Reino Unido para o Ruanda devem começar dentro de poucos meses