Última hora
This content is not available in your region

Katmandu treme com receio de um novo sismo

Katmandu treme com receio de um novo sismo
Tamanho do texto Aa Aa

A capital do Nepal continua a ser uma zona de risco, mais de duas semanas após o mortífero sismo de Abril e da violenta réplica de terça-feira.

Milhares de habitantes voltaram, esta noite, a dormir ao relento com medo de regressar às suas casas, quando mais de um milhão de residentes já abandonou a zona do vale de Katmandu.

Alojados em acampamentos de fortuna, os habitantes continuam à espera de água e mantimentos, cuja distribuição foi afetada pelas novas réplicas dos últimos dias.

“As autoridades organizaram algumas coisas mas não são suficientes. Deram-nos alguns alimentos que já foram cozinhados e comidos. Precisamos de mais ajuda”, afirma uma refugiada.

A violenta réplica de terça-feira provocou mais 91 mortos e cerca de 2500 feridos, obrigando as autoridades a regressar às operações de resgate.

Pelo menos 12 pessoas foram recuperadas com vida dos escombros nas últimas horas na localidade de Chatara, no noroeste do país.

A força aérea prosseguia, esta quarta-feira, as operações de largada de mantimentos nas zonas mais remotas do país, quando permanece desaparecido um helicóptero norte-americano que efetuava as mesmas operações, com seis fuzileiros norte-americanos e dois soldados nepaleses a bordo.