EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Síria: Combatentes do EI às portas de Palmira, património da Humanidade

Síria: Combatentes do EI às portas de Palmira, património da Humanidade
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O exército sírio consolida posições no sudoeste do país, num momento em que faz face a novos ataques dos grupos islamitas, no noroeste e centro do

PUBLICIDADE

O exército sírio consolida posições no sudoeste do país, num momento em que faz face a novos ataques dos grupos islamitas, no noroeste e centro do território.

Apoiados pelos combatentes do grupo islamita libanês Hezbollah, os soldados sírios afirmam ter tomado o controlo da zona da colina de Talat Moussa, até agora um dos bastiões dos grupos islamitas próximos da Al-Qaida, junto à fronteira com o Líbano.

Um avanço que coincide com a progressão do grupo Estado Islâmico na zona de Homs, depois dos combatentes islamitas terem ocupado a cidade de Al-Soukhna e quando se encontram às portas da cidade de Palmira, classificada património da humanidade pela UNESCO.

Mais a norte, na província de Idlib, o exército sírio continua a perder terreno, face aos ataques dos islamitas da frente al-Nusra que bombardearam ontem um posto de controlo militar em al-Fanar durante combates que provocaram dezenas de mortos.

Em parlalelo, a força aérea síria continua a bombardear as posições dos rebeldes moderados na zona de Aleppo, quando este tipo de ataques já provocaram mais de 2.600 mortos desde o início do ano.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar