Turquia: Uma polémica de... casa de banho

Turquia: Uma polémica de... casa de banho
De  Ricardo Figueira com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Erdoğan é cabal: "Não tenho sanitas de ouro".

PUBLICIDADE

Na Turquia, a poucos dias das eleições legislativas, a mais recente polémica tem a ver com uma conversa de casa de banho. Mais propriamente, sobre as casas de banho do luxuoso palácio presidencial de Ancara.

O líder da oposição, Kemal Kılıçdaroğlu, criticou o despesismo do presidente Recep Tayyip Erdoğan, ao encomendar uma nova frota de Mercedes e mandar construír um palácio luxuoso, em que até os tampos das sanitas seriam de ouro.

Erdoğan já respondeu: “Quero convidá-lo a dar uma volta pelo palácio. Se ele encontrar uma sanita de ouro em qualquer uma das casas de banho, eu demito-me. E ele, se não encontrar, também se demite do partido?”

Com ou sem sanitas de ouro, ninguém pode desmentir que o novo palácio, sumptuoso e com mil divisões, é, no mínimo polémico. Ninguém sabe quanto custou aos cofres do Estado.

The sh*t hits the fan over Erdogan's alleged golden toilet seat http://t.co/1cuLYBAN8Bpic.twitter.com/zJGQY49K4W

— Mark Bentley (@MarkABentley) June 1, 2015

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Clima de alta tensão na Turquia com eleições a 7 de junho

Mau tempo causa inundações em toda a Turquia

Blinken ignorado por Erdogan na Turquia