Contra-ataque do "Estado Islâmico" no norte da Síria.

Contra-ataque do "Estado Islâmico" no norte da Síria.
De  Euronews com Reuters, AFP, EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É um contra-ataque dos jihadistas do autodenominado Estado Islâmico em diversos pontos da Síria. As agências de notícias dão já conta de várias dezenas de mortos nos combates que prosseguiam esta quin

PUBLICIDADE

É um contra-ataque dos jihadistas do autodenominado Estado Islâmico em diversos pontos da Síria. As agências de notícias dão já conta de várias dezenas de mortos nos combates que prosseguiam esta quinta-feira.

Depois de ter perdido terreno nos últimos dias, em particular na região de Raqqa, “capital” do califado autoproclamado, o grupo radical voltou à ofensiva contra posições controladas pelos curdos e pelo exército de Bashar al-Assad.

Os relatos disponíveis referem violentos combates em Kobani, a cidade junto à fronteira com a Turquia de onde os extremistas foram expulsos em janeiro, mas também em Hasakeh, no nordeste da Síria, e ainda em Deraa, no extremo sul do país.

Em Deraa, é a Frente al Nusra, o braço sírio da Al-Qaida, e mais de meia centena de grupos rebeldes que estão a tentar expulsar as forças fiéis ao regime de Damasco, o que está a provocar um afluxo ainda maior ao campo de refugiados de Zartari, na Jordânia, que já está sobrelotado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Moeda do autoproclamado Estado Islâmico já circula... nas redes sociais

Bombardeamentos turcos contra milícias curdos faz pelo menos 20 mortos

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs