Última hora
This content is not available in your region

Distúrbios interétnicos em Haia terminam com duas centenas de detenções

euronews_icons_loading
Distúrbios interétnicos em Haia terminam com duas centenas de detenções
Tamanho do texto Aa Aa

Uma semana de manifestações e distúrbios na cidade holandesa de Haia terminou com duas centenas de detenções na noite de quinta para sexta-feira. Os confrontos num bairro multiétnico da cidade começaram na segunda-feira na sequência da morte de um homem de 42 anos, originário de Aruba, nas Caraíbas. A vítima tinha sido detida na véspera, durante um festival de música. A polícia alega que o homem gritou estar na posse de uma arma.

Um vídeo na internet mostra uma intervenção musculada da parte de cinco agentes. O suspeito foi levado para a esquadra e no dia seguinte foi anunciado o óbito. A polícia suspendeu os agentes depois do resultado da autópsia mostrar que o detido morreu por falta de oxigénio. Apesar dos apelos à calma, centenas de jovens sairam às ruas nos últimos dias para afrontar as autoridades e provocar distúrbios.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.