Carolina do Sul: O adeus à bandeira da Confederação

Carolina do Sul: O adeus à bandeira da Confederação
Direitos de autor 
De  Euronews com com LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Na Carolina do Sul, nos EUA, foi a vez da Câmara dos Representantes aprovar a retirada da bandeira da Confederação do edifício do Capitólio. O texto

PUBLICIDADE

Na Carolina do Sul, nos EUA, foi a vez da Câmara dos Representantes aprovar a retirada da bandeira da Confederação do edifício do Capitólio. O texto tinha já recebido luz verde do Senado na passada terça-feira.

A bandeira da Confederação estava no centro da polémica desde o tiroteio na cidade de Charleston, que acabou com a morte de nove pessoas numa igreja afro-americana.

Dylann Roof foi detido pelo crime. Mais tarde foram reveladas fotografias do jovem de 21 anos com a bandeira da Confederação.

O massacre de Charleston gerou um debate em vários estados do sul do país sobre o uso da bandeira da Confederação – estandarte adotado durante a Guerra Civil pelos estados favoráveis, na altura, à escravatura – em edifícios públicos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado

Agentes da autoridade mortos a tiro no Estado de Nova Iorque

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos