This content is not available in your region

Arábia Saudita: detidos 431 suspeitos de ligações ao Estado Islâmico

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com AFP / LUSA
euronews_icons_loading
Arábia Saudita: detidos 431 suspeitos de ligações ao Estado Islâmico

A Arábia Saudita anunciou a detenção de 431 pessoas suspeitas de ligações aos extremistas do Estado Islâmico.

No comunicado do ministério do Interior, as autoridades sauditas explicam que os indivíduos capturados compunham “pequenas células” de uma “organização terrorista” associada ao grupo “jihadista”.

A operação teve lugar dois dias depois de um atentado com uma viatura armadilhada, em Riade, reivindicado pelo Estado Islâmico.

A maior parte dos detidos são sauditas, embora se contem também iemenitas, egípcios, sírios e jordanos, entre outras nacionalidades. São-lhes atribuídos vários ataques, nomeadamente os atentados de maio e novembro do ano passado, contra mesquitas xiitas de al-Qatif, no leste da Arábia Saudita. Segundo os investigadores, estariam a preparar operações contra responsáveis da segurança saudita e representações diplomáticas estrangeiras.